LEIDE TUR

LEIDE TUR

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Eliziane Gama participa do “Sala de Entrevista” e fala sobre prevenção às drogas



Nice Moraes / Agência Assembleia
O consumo de drogas entre jovens no Brasil e sua pré-candidatura ao Senado Federal foram temas abordados pela deputada federal Eliziane Gama (PPS), durante sua participação no “Sala de Entrevista”, quadro do telejornal Portal da Assembleia, edição desta sexta-feira (6). A entrevista foi concedida ao jornalista Juraci Filho.

Eliziane Gama, coordenadora da Comissão Externa da Câmara dos Deputados (que avalia o consumo de drogas entre jovens no Brasil), é também membro do Comitê Estadual de Prevenção às Drogas no Maranhão, responsável pela campanha “Maranhão na Prevenção às Drogas”. Também é de inciativa da parlamentar a instalação da Casa da Mulher Brasileira, no Maranhão, cujo pedido foi feito ao governo federal.

A deputada lembrou que o álcool é a principal porta de entrada para as drogas no Brasil, e que, por isso, é preciso unir forças para obter resultados positivos. Ela também frisou que tudo passa pela educação. “A droga proporciona a violência no Brasil.  Em minha opinião, o passo principal e preponderante passa pela educação. Precisamos envolver as nossas crianças, os pais, as escolas e professores. Acredito que, com essa junção de forças, nós avançaremos. Essa força terá um resultado muito melhor se começar pelo viés da educação”, disse.
Efetivo policial

Segundo Eliziane Gama, a proteção das fronteiras do país, com o aumento do efetivo policial,  é fundamental.  “Nós temos uma fronteira gigantesca. O Exército, que é direcionado para fazer a proteção dessa fronteira, não consegue alcançar um resultado mais efetivo. Com isso, nós temos uma entrada facilitada de cocaína e também de armamento”, disse a deputada, destacando, também, ser necessária uma força tarefa dentro do Brasil.

Como exemplo, ela lembrou que no Maranhão foram apreendidas toneladas de maconha, devido ao investimento do governador Flávio Dino a partir do aumento do efetivo policial. “Aqui no Maranhão, nó tivemos uma redução no índice da violência porque o governo investiu no aumento do efetivo policial. São Luís, que sempre apareceu  como uma das capitais mais violentas do país, está fora da atual estatística, devido aos investimentos”.

Pré-candidatura

Elisiane Gama, que é pré-candidata ao Senado Federal, foi convidada para se filiar a outros partidos, como o DEM, mas preferiu continuar no PPS. “É um partido que faz parte da minha história, da minha vida. Nós temos um projeto no Maranhão que não é apenas de um partido. É um projeto para trabalhar todo o Estado. Eu me coloquei à disposição do governador Flávio Dino. O PPS é um partido pelo qual sou apaixonada e no qual estou desde o meu primeiro mandato como deputada estadual. Se Deus quiser, concorrerei ao Senado”, salientou.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AddToAny