sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Antonio Pires: o exterminador de gestões!

O atual vice-prefeito de Coelho Neto, Antônio Pires do PC do B, é um verdadeiro exterminador de administrações alheia. Do tipo irresponsável ele só se aproveita dos bônus sem querer assumir os ônus.

  
Diferentemente do que alguns pensam ele tira aproveito do homem do campo, na politica partidária e sindical se mantendo como pode nas benesses do poder...  

Foi assim com a gestão do prefeito Magno Bacelar, Soliney Silva, e agora com a do seu companheiro de chapa Américo de Sousa.

Pires é do tipo de politico insaciável e caríssimo como aliado. Um politico experiente que conviveu com ele disse certa feita, que têm que ter uma prefeitura para o povo e outra para ele.

Antonio Pires era um dos mais beneficiados vereadores, da gestão, Magno Bacelar; com o seu modo de ser “estragou” a administração e foi um dos responsáveis pelo alto índice de rejeição ao governo.

Quando se precisou dele para fortalecer o projeto de reeleição do prefeito magno Bacelar Antonio Pires já tinha vendido no município o PSB, para a ex-prefeita Marcia Bacelar, se candidata a prefeita, em nome de sua reeleição de vereador, dando uma punhalada pelas costas, no então prefeito.

Soliney chegou e logo Antonio Pires se aliou a ele, passando 08 anos se locupletando do jeito que ele gosta.  Soliney ajudou Pires como pôde. Quando viu o barco do ex-prefeito se afundando tratou de correr e deixar todos na mão.

Aproveitou-se de uma jogada errada nas articulações do pré-candidato a prefeito Cláudio Furtado, no PC do B, se filiou a legenda, e ganhou a vaga de vice-prefeito na chapa de Américo, chegando a ser vitorioso nas urnas.

Durante este ano se aproveitou como pôde da gestão ajudou a estragar o desgoverno do companheiro e agora já está saindo dando uma de “João sem Braço”, como vítima, como sempre faz.

Ainda não completou nem um ano de gestão o vice-prefeito já protagonizou muitos escândalos, sendo responsável diretamente por parte deste desgaste, mas de forma covarde já vai saindo pela tangente.
A vereadora Liza Pires é uma ótima pessoa e seria uma grande vereadora, não fosse objeto de manobra das artimanhas do esposo. 

Autoritário e malicioso, Antônio Pires, nunca aprendeu a ser nem um vereador imagine um vice-prefeito.  Querendo se da bem encima das costas dos outros como sempre fez politica, o vice-prefeito de Coelho Neto, arruinou o péssimo governo petista e já vai saindo como traidor que ele sempre é.  

Se ele fez com Dr. Magno Bacelar e Soliney, era de se esperar que o “exterminador de gestão” viesse aprontar com Américo de Sousa.   
    


Nenhum comentário:

Postar um comentário