segunda-feira, 20 de março de 2017

Advogado morre após cair do 19º andar do Congresso Naciona


A queda ocorreu no espelho d’água do local
Um homem morreu depois de cair do 19º andar do Congresso Nacional, no início da tarde desta sexta-feira (17), por volta das 12h30. O advogado e consultor Adriano de Rezende Naves, 42 anos, caiu no espelho d’água do complexo e morreu na hora. Ele era morador da 212 Sul.
Segundo a assessoria de imprensa da Câmara dos Deputados, a vítima não tinha ligação com a Casa, havia entrado no prédio como visitante e era advogado. A Polícia Legislativa vai abrir um inquérito para apurar as circunstâncias da queda.
A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) fez a perícia no local para ter mais informações sobre o caso. Testemunhas relataram que o funcionário tinha entrado em várias salas até encontrar uma que estivesse vazia.
No 19º andar do Anexo 1 da Câmara funciona a Coordenação de Arquitetura e Engenharia. A sala 1906 de onde ele caiu era da Sessão de Projetos e Estudos de Engenharia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário